NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS INSTITUCIONAL

Conferência Ethos analisa o papel da economia frente a crise humanitária

Diálogos dos dias 8 e 10 de junho analisaram impactos econômicos da pandemia e a insegurança alimentar

11/06/2021

Compartilhar

Um dos destaques dessa semana da Conferência Ethos é o diálogo que contou com Michael de França, pesquisador do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper) e colunista da Folha de S.Paulo; Ricardo Henriques, economista e superintendente executivo do Instituto Unibanco; e, Sandra Polónia, diretora do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento, para dialogar sobre “Crise humanitária e o papel da economia em discussão”, que se encontra disponível no canal do Ethos no YouTube.

A diretora do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento observou como a população sofre os impactos da pandemia de Covid-19 de forma desigual. “A pandemia afetou desproporcionalmente os trabalhadores e os mais pobres. Os informais foram mais afetados que os formais. A pandemia agravou também a desigualdade de gênero, especialmente as mulheres que são mães e chefes de famílias” e constatou ainda que “o fato é que o Brasil sairá mal da pandemia no cenário internacional”

Em consonância com Sandra, o colunista do jornal Folha de S.Paulo analisou que “O Brasil virou referência mundial de como administrar mal uma pandemia” e avaliou que “é uma situação curiosa, pois se formos observar em outros momentos, o Brasil foi referência”, disse Michael.

Em sua fala, ele ainda observou a agenda racial. “Uma coisa que acho bem interessante é que a expressão ‘racismo estrutural’, antes desconhecida dos brasileiros, passou a ser uma expressão da moda. Se de um lado temos um ponto positivo, que é o debate racial vir para o centro, por outro lado temos outra questão, que é qual a natureza deste debate? Será que é um debate inclusivo?”, questionou Michael.

Sobre o futuro, assim como outras pessoas que já passaram pela Conferência Ethos, o olhar é de preocupação. “Todo este conjunto de más escolhas tem cobrado um custo. E o custo estamos vendo que são milhares de vidas […] Uma coisa interessante que tenho notado, é que as peripécias do governo federal, vem encobrindo diversas outras discussões, as quais seriam importantes a gente endereçar e tratar com cuidado […]  A pandemia não vai acabar com a vacina. Ela vai deixar sequelas gigantescas na sociedade brasileira, que se não for bem administrada, vamos sentir essas sequelas durante anos”, concluiu o pesquisador do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper).

Ricardo Henriques concordou com os demais. “O quadro é desolador. O Brasil se transforma hoje em uma referência negativa no cenário internacional, no quadro ambiental, na gestão da pandemia”, reverberou o economista e superintendente executivo do Instituto Unibanco.

Ricardo analisou a questão do emprego: “pela primeira vez na história pós constituinte, vivemos um momento em que o trabalho não absorveu a crise, mas o contrário, a população que estava trabalhando no trabalho informal é punida de forma desproporcional”. E também as perdas na educação: “o tamanho das perdas de aprendizagem é gigantesco. Só no ano de 2020, há uma perda de 9 a 10 pontos em língua portuguesa e matemática na escala do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). Se considerarmos 2021, isso vai significar 16 pontos em língua portuguesa e 20 pontos de matemática nessa escala […] O que a gente tem? Uma dívida enorme com essa juventude. E, eu extrapolaria esta dívida para a geração”.

 

Nesta semana tivemos ainda os seguintes diálogos:

Recuperação econômica – um desafio para a África

Como uma sociedade decide acabar com a fome?

Como podemos enfrentar o crescimento da fome e da insegurança alimentar?

Rede de bancos de alimentos e combate à fome – caso Mesa Brasil

Acompanhe a programação da Conferência Ethos em: www.conferenciaethos.org.br

 

Por: Rejane Romano, do Instituto Ethos

Foto: Pexels

Usamos cookies para que você possa ter uma boa experiência ao navegar.
Ao usar o site você concorda com o uso de cookies.
Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2021 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.

Usamos ResponsiveVoice - NonCommercial para converter texto para fala.