ETHOS MEIO AMBIENTE

Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas é marcado por atuação de jovens


14/03/2019

Compartilhar

Ethos articula Conferência Nacional

De acordo com Patricia Espinosa, Secretária Executiva da UNFCCC, 2019 é um ano crítico para revertermos a situação climática em nível global. Ou seja, se não aumentarmos as ambições e efetivarmos as ações de mitigação e adaptação à mudança do clima, pode ser nossa única chance de garantir um mundo seguro para a nossa e para as próximas gerações.

É importante enfatizar que os mais de 2 mil cientistas do Painel Intergovernamental de Mudança do Clima (IPCC, em inglês), vêm alertando para os impactos da mudança do clima há pelo menos 30 anos. Dentre tais impactos, são apontados eventos extremos. E isso inclui, por exemplo, frios extremos também. Daí a confusão que pessoas desinformadas fazem quando mencionam que a mudança do clima não existe porque em alguns lugares o frio tem aumentado. De fato, a mudança do clima já é vista, não é mais uma previsão do que vai acontecer, mas uma constatação do que já está acontecendo.

No Brasil, desde o início de 2019, presenciamos chuvas fortes em várias regiões (Rio de Janeiro, São Paulo, sul, norte e nordeste do país). Em muitos casos, as chuvas extremas provocaram graves consequências, incluindo a morte de dezenas de pessoas. É triste assistir de braços cruzados acontecimentos que têm sido, anualmente, previstos por uma grande parcela dos cientistas que pesquisam a mudança do clima. E é frustrante ver a incapacidade das principais autoridades e lideranças em lidar com um tema tão urgente e grave.

Em resposta a tal urgência, o Ethos tem convocado a sociedade para a realização de uma Conferência Nacional de Mudança do Clima, a ser realizada no final de 2019. O Brasil se ofereceu para sediar a COP 25, evento de importância histórica para as negociações climáticas, mas retirou sua candidatura em dezembro de 2018. A COP 25 ocorrerá no Chile em dezembro, mas cabe à sociedade brasileira demonstrar que o pioneirismo, protagonismo e ambição do Brasil serão mantidos mesmo sem sediar o evento aqui. A realização de uma Conferência Nacional pode estimular lideranças que, se efetivamente conseguirem arcar com os impactos da mudança do clima, entrarão para a história. E garantirão um futuro seguro para os jovens que hoje, com razão, se mostram mais responsáveis do que os “adultos” da nossa sociedade.

Caracterizando alguns desses exemplos, o Observatório do Clima publicou uma matéria em que aborda a ação de jovens na Colômbia e em diversas outras localidades em lutar pelas questões que envolvem as alterações climáticas e o aquecimento global. Leia aqui.

Por: Flavia Resende, coordenadora de Projetos de Meio Ambiente do Instituto Ethos

Foto: Unsplash

CONTATO

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.