NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS INSTITUCIONAL

Falta de padrão nas testagens dificulta enfrentamento da pandemia de coronavírus

Ação impacta em subnotificação e não adoção de medidas de mitigação

29/06/2020

Compartilhar

O Brasil tem cometido uma série de erros com relação a testagem para Covid-19. Além de ser o que menos testa entre os 20 países com maior taxa de óbitos pela doença, não realiza testes suficientes para identificar a proporção de brasileiros que já manteve contato com o vírus.

Esses erros têm relação direta com a lacuna de informação sobre a presença e circulação do vírus entre a população, resultando em subnotificação de casos positivos e em não adoção de medidas para coibir a disseminação por parte de governos estaduais e municipais, como a manutenção do distanciamento físico e a flexibilização mais sensíveis à pressão dos negócios, à política ou à subjetividade.

“A média de positividade dos testes no país foi de 36% em junho de 2020, sendo que a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de até 5%, patamar não alcançado por nenhum estado brasileiro”, destaca o 13º Boletim da iniciativa “Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade”, realizado pela Rede de Pesquisa Solidária. Apenas sete estados apresentaram uma taxa de positividade inferior a 20% na primeira semana de junho. E, até o dia 20 de junho, a testagem com resultados positivos era alta em todos os estados.

O documento aponta ainda que grande parte dos estados torna público apenas o total de testes, sem classificação por tipo. Somente 14 estados prestam contas do número de testes RT-PCR, que identifica mais precisamente as pessoas infectadas, e o número de testes que apontam as pessoas que já tiveram contato com o vírus e possuem anticorpos (IgM e IgG).

Secretarias de Saúde do Acre, Amapá, Goiás, Rondônia, Rio de Janeiro, Roraima, São Paulo e Tocantins não apresentam nenhuma informação sobre os testes realizados em suas plataformas oficiais.

Saiba mais sobre os boletins da iniciativa “Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade” em: redepesquisasolidaria.org

Por: Rejane Romano, do Instituto Ethos

Foto: Unsplash

CONTATO

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.