NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Holanda duplica a utilização de soja responsável RTRS

04/12/2012

Compartilhar

As empresas holandesas estão comprometidas em trabalhar com matérias-primas sustentáveis, um sinal para os produtores na América do Sul de que há demanda pelo produto cultivado de forma responsável.

Em 22 de novembro, empresas holandesas e produtores de soja brasileiros assinaram em Roterdã, na Holanda, acordos para o fornecimento de 280 mil toneladas de soja certificada pela Associação Internacional da Soja Responsável (RTRS, na sigla em inglês). Com isso, a Foundation for Responsible Soy Chain Transition (Fundação para a Transição da Cadeia da Soja Responsável) duplica a compra em comparação ao ano passado.

Empresas holandesas em toda a cadeia produtiva, desde os produtores de alimentos de origem animal até o varejo, concordaram em mudar gradualmente para 100% de soja responsável na produção de carne, leite, ovos e outros alimentos, na Holanda, desde agora até o final de 2015. A duplicação do volume de soja responsável com a certificação RTRS mostra que as partes estão no caminho certo. Com isso, 16% de todos os produtos de soja na Holanda passam a ser processados com soja cultivada de forma responsável.

Matéria-prima sustentável

Henk Flipsen, presidente da Foundation for Responsible Soy Chain Transition, está satisfeito: “A compra de soja responsável nos mostra que as empresas holandesas estão comprometidas em trabalhar com matérias-primas sustentáveis. Este é um sinal claro para os produtores de soja na América do Sul de que há uma demanda pelo produto cultivado de forma responsável. Além disso, trabalhamos em conjunto com parceiros europeus sobre a sustentabilidade do fluxo comercial importante para a soja. Eventualmente, a soja responsável deve se tornar o padrão para todo o mercado europeu”.

A soja é uma das culturas agrícolas mais importantes do mundo e uma matéria-prima substancial para a alimentação de animais e a produção de muitos alimentos. A soja responsável é cultivada de acordo com os princípios da RTRS. Isso implica dar atenção à conservação da natureza, à valorização da biodiversidade, ao uso responsável de agrotóxicos e a boas condições de trabalho e de respeito pelo direito à terra. Além das 280 mil toneladas de soja certificada RTRS, a fundação também comprou 120 mil toneladas de soja certificada em conformidade com um conjunto limitado de critérios. Esta soja provém de produtores de soja que estão tomando medidas para o cumprimento dos critérios para a certificação da RTRS. Uma visão completa desses critérios pode ser obtida no site da iniciativa.

Organizações da sociedade civil, como a Natuur & Milieu, a Solidaridad e a World Wildlife Fund (WWF), estão intimamente envolvidas no desenvolvimento dos critérios internacionais para a RTRS e apoia os objetivos da Foundation for Responsible Soy Chain Transition. Nico Roozen, diretor da organização Solidaridad, afirma: “A ambição de empresas holandesas em ser líderes internacionais no uso da soja responsável é um grande estímulo para uma cadeia sustentável de soja. A soja responsável é um passo vital para o cultivo do produto levando-se em conta o cuidado com as pessoas e com o meio ambiente”.

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.