NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Indicadores Ethos foram norteadores na trajetória do Itaú para a sustentabilidade

15/04/2013

Compartilhar

“A ferramenta permitiu estruturar uma agenda inicial de responsabilidade social e a governança em sustentabilidade do banco”, diz Denise Nogueira.

Responder os Indicadores Ethos, criados em 2000 para organizações interessadas em avaliar sua gestão sob a perspectiva da responsabilidade social empresarial, foi o pontapé inicial para muitas organizações que são hoje referência em sustentabilidade. É o caso do Itaú Unibanco, uma das primeiras organizações a empregar essa ferramenta para autodiagnóstico.

“O uso dos Indicadores Ethos foi essencial para as primeiras transformações que nossa organização passou”, diz Denise Nogueira, gerente de Sustentabilidade do Itaú Unibanco (foto). “Eles possibilitaram a estruturação de uma agenda inicial específica de responsabilidade social, a criação de uma política e a governança em sustentabilidade da empresa.”

De acordo com Denise, a ferramenta fez ainda com que o banco aderisse a alguns compromissos voluntários e evoluísse até o momento em que sua estratégia de sustentabilidade passou a estar conectada com a própria estratégia da organização. Os Indicadores Ethos também serviram como referência para o Itaú traçar seu plano de ação em RSE e construir os projetos na área que surgiram na época. Durante a evolução que a organização experimentou, outras ferramentas de referência foram incorporadas ou criadas internamente. “Hoje, temos um olhar próprio sobre as questões de sustentabilidade e somos capazes de identificar aspectos relevantes para nossa agenda”, informa Denise.

Embora já não utilize mais os Indicadores Ethos, o Itaú Unibanco é membro do Comitê Consultivo Técnico para o desenvolvimento da nova geração dos Indicadores Ethos e patrocinador da iniciativa. “A revisão dos Indicadores possibilita que eles se conectem com os mais atuais contextos, tendências e cenários. Temas como mudanças climáticas, questões de direitos humanos, cadeia de valor e biodiversidade aparecem de forma mais pragmática do que na versão anterior”, diz a gerente de Sustentabilidade do Itaú Unibanco.

Para ela, outro destaque da nova geração dos Indicadores Ethos é a escala de evolução, que oferece à empresa uma referência do que há de mais avançado para ela alcançar em todos os quesitos. “É uma ferramenta de apoio para organizações que estão começando nessa trajetória de sustentabilidade”, completa.

Sua empresa também pode aplicar os Indicadores Ethos para avaliar sua gestão em relação à responsabilidade social e à sustentabilidade.

O questionário da versão atual (2012) deve ser respondido até 14 de junho de 2013.

Para acessar os Indicadores Ethos, clique aqui.

Por Giselle Paulino, para o Instituto Ethos

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.