ETHOS INSTITUCIONAL

Iniciativa que amplia atuação do Ethos em outras localidades acontece na próxima sexta (24)


17/05/2019

Compartilhar

 

Conexões Ethos tem início em Curitiba, com inscrições gratuitas

Diálogos e reflexões sobre a agenda socioambiental ganham novos palcos em 2019. A essência das Conferências Ethos adquire novo formato e chega, inicialmente, a duas novas capitais sob o título de Conexões Ethos. Uma iniciativa que expande as discussões acerca da responsabilidade social empresarial, direitos humanos, meio ambiente, gestão socialmente responsável e integridade nas cidades de Curitiba e Belo Horizonte.

Conhecer e experienciar outras realidades, esse é um dos intuitos do Conexões Ethos. Caio Magri, diretor-presidente do Ethos explica que “o objetivo é engrossar o caldo da discussão da realidade da sustentabilidade nas diferentes regiões do país com suas capacidades e características produtivas” e completa: “Dar vida a esse projeto se dá num momento importante para o Instituto Ethos, de forma a expandirmos a nossa capacidade de dialogar com novas empresas e organizações, compreender os desafios do país e compartilhar soluções que favorecem cadeias inteiras, novos negócios e geram benefício para a população”, acredita.

Equidade racial, sustentabilidade na cadeia de valor, ODS, economia inclusiva, adaptação climática e o desenvolvimento sustentável estarão em pauta na primeira edição do Conexões Ethos, que acontece em Curitiba no próximo dia 24 de maio. Confira a programação.

Formato 

As Conexões Ethos terão 4 horas de duração contendo: entrevista, apresentação de casos e, ao final, exposição de oportunidades. Curitiba será a primeira capital a receber o evento com pautas que pretendem estimular o enfrentamento as desigualdades nos variados âmbitos da economia e das políticas públicas, além de ampliar o diálogo sobre as perspectivas que a sustentabilidade implica para o aumento da competitividade, geração de emprego, democracia e renda para a população.

“Realizaremos a primeira edição do Conexões Ethos na cidade de Curitiba com a perspectiva de provocarmos conexões entre empresas, organizações e as agendas do desenvolvimento sustentável. Essas também são conexões de visões sobre o desenvolvimento do empreendimento nacional e das problemáticas econômicas e sociais”, explica Edson Lopes, gerente-executivo do Ethos.

Conexões Ethos – Curitiba 

O gerente-executivo do Ethos explica sobre a escolha da cidade: “Partimos de um questionamento – com PIB e IDH superiores à média do país, com a presença de uma agricultura e indústria relativamente forte, que vocação a região sul tem para a sustentabilidade como agente de inovação e para a estratégia de desenvolvimento sustentável do país? Essa é uma oportunidade para amadurecer os diálogos sobre as contribuições das estratégias empresariais, iniciativas sociais e políticas para a resolução dos problemas socioeconômicos e ambientais, conectando diferentes realidades e soluções na região e no país”, diz Edson.

O diretor geral do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), Rui Brandt, revela que o apoio ao evento integra a programação em comemoração aos 15 anos do CPCE. “Nada melhor que comemorar com grandes parceiros como o Ethos, para continuarmos na nossa missão de mobilizar os principais atores sociais do desenvolvimento sustentável, pautados em princípios e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, afirma Brandt.

O Conexões Ethos – edição Curitiba acontece no dia 24 de maio, a partir das 8h30. Saiba mais sobre o Conexões Ethos e faça sua inscrição gratuita.

Experiência

Há 20 anos o Instituto Ethos realiza a Conferência Ethos em São Paulo. Mais recentemente, Rio de Janeiro e Belém (Pará), respectivamente há 3 e 2 anos, ganharam edições no formato 360º, tendo atividades sendo realizadas em um ou dois dias de evento, contando com a participação de especialistas nacionais e internacionais, além de acadêmicos, empresários, sociedade civil e organizações.

Para o Conexões Ethos, a experiência adquirida em toda essa trajetória de diálogos e proposição de alternativas frente aos desafios será utilizada de forma a garantir que, apesar do formato diferenciado, a exposição dos temas e, sobretudo, a participação e análise frente as questões, permitam que os seminários atendam a expectativa de engajar e expandir as oportunidades de conectar o setor privado às agendas do desenvolvimento sustentável e também às iniciativas capazes de apontar importantes mudanças para o patamar produtivo.

Por: Rejane Romano, do Instituto Ethos

Foto: Pexels

CONTATO

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.