NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Nova geração dos Indicadores Ethos passa por consulta presencial

05/06/2013

Compartilhar

O evento faz parte do processo de revisão dos Indicadores Ethos que vai resultar nos Indicadores Ethos para Negócios Sustentáveis e Responsáveis.

Nesta terça-feira, 4 de junho, o Instituto Ethos promoveu uma consulta presencial sobre os Indicadores Ethos para Negócios Sustentáveis e Responsáveis, a nova geração da ferramenta, que será lançada ainda este ano.

Realizado na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo, o evento faz parte do processo de revisão dos Indicadores Ethos que vai resultar na nova versão e teve como objetivo apresentar os resultados obtidos até agora e abrir espaço para as contribuições do público presente, que incluía representantes de empresas, de organizações da sociedade civil, da academia e da mídia.

O trabalho que está sendo apresentado ao público vem sendo apoiado pelas seguintes instâncias: o Conselho Orientador dos Indicadores Ethos, composto por especialistas e organizações que representam os stakeholders da iniciativa; o Comitê Consultivo Técnico, integrado por empresas, entidades empresariais e organizações promotoras de iniciativas em sustentabilidade; e o Comitê Consultivo Plarse, formado por organizações da América Latina que adaptaram os Indicadores Ethos para os contextos locais.

A revisão também conta com três grupos de trabalho – o GT de Aplicabilidade, o GT de Planejamento e o GT de Processo –, que sugerem melhorias considerando o uso dos Indicadores Ethos e a melhor orientação para as empresas, sempre respeitando a estrutura geral proposta para a nova versão e as diretrizes estratégicas recomendadas pelo Conselho Orientador e considerando as tendências globais da responsabilidade social empresarial e da sustentabilidade.

“O processo de revisão do conteúdo da ferramenta está sendo conduzido de forma madura”, afirmou Sônia Favaretto, diretora de Sustentabilidade da BM&F Bovespa e membro do Conselho Orientador dos Indicadores Ethos, que participou da abertura do encontro. “Questionamos até mesmo o espaço dos Indicadores Ethos entre as empresas, considerando-se o número de iniciativas atuais”, continuou ela, citando como exemplo as Diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), que constituem uma metodologia para relatório, e o próprio Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&F Bovespa, que reúne indicadores de empresas com ações na bolsa.

“Cada uma delas tem o seu espaço”, prosseguiu a diretora. “Embora as empresas digam que têm muitos questionários para responder, é importante ressaltar que as iniciativas são voluntárias e que o mercado oferece opções para o tipo de trabalho que a empresa deseja realizar naquele momento.” Para ela, os Indicadores Ethos continuam sendo uma ferramenta imprescindível para que a empresa faça seu autodiagnóstico em relação a suas ações em favor da sustentabilidade e da responsabilidade social.

Os membros do Conselho Orientador presentes no encontro foram unânimes em destacar a qualidade do processo de revisão dos Indicadores Ethos. “O trabalho está sendo feito no sentido de tornar a ferramenta mais estratégica”, disse Aron Belinky, do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-SP (GVces). “O objetivo é proporcionar tanto uma visão mais abrangente da empresa quanto foco em determinados aspectos, de acordo com a necessidade de aprofundamento de cada empresa”, completou.

Tarcila Reis, representante do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) no Conselho Orientador, também entende que o processo de revisão está bem consistente: “O Conselho Orientador está atuando de forma estratégica e suas observações têm sido no sentido de tornar a ferramenta mais sintética”, disse ela, parabenizando o trabalho de todos os envolvidos.

Para Sônia Favaretto, o desenvolvimento da nova geração dos Indicadores Ethos está baseado em ampla pesquisa, em análises profundas e num processo de consulta estruturado. “Houve até a decisão de adiar seu lançamento para que possamos entregar um material de alta qualidade”, disse ela.

Consulta pública on-line

Desde 27 de maio e até 14 de junho de 2013, os Indicadores Ethos de Negócios Sustentáveis e Responsáveis estarão em consulta pública virtual. Para fazer o download do questionário, clique aqui. E, para enviar suas contribuições, acesse a plataforma virtual, clicando aqui.

Esta iniciativa conta com o patrocínio do Instituto Abradee de Energia, do Itaú Unibanco e da Shell.

Por Benjamin Gonçalves e Juliana Soares de Brito, do Instituto Ethos

Crédito das fotos: Letícia Navarro

CONTATO

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.