NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS GESTÃO SUSTENTÁVEL

Rating Integra é apresentado para clubes de futebol em São Paulo

Clubes foram convidados a fazer aplicação da ferramenta

19/12/2018

Compartilhar

Na manhã desta segunda-feira (17), o Rating Integra para Clubes foi apresentado aos dirigentes de clubes de futebol na sede da Federação Paulista de Futebol. Participaram do encontro Audax, Ituano, Santo André e Santos.

Daniela Castro, do Pacto pelo Esporte, deu início ao diálogo resgatando a criação do Pacto pelo Esporte, que culminou no Integra. “O Pacto surgiu a partir da Lei Pelé, devido a coalizão de atletas e entidades que decidiram redigir regras para o recebimento de recursos, na adaptação 18 A.

Nesse mesmo momento, as empresas apontavam a necessidade de gerir melhor os riscos reputacionais na relação com entidades e clubes patrocinados, e o Ethos já estava criando pactos e acordos setoriais de integridade. Dessa união, surgiu o Pacto. Como a ideia nunca foi cortar o patrocínio esportivo, o Rating Integra veio para auxiliar as entidades esportivas a se prepararem. Uma complementação ao Pacto pelo Esporte”, observou Daniela.

O processo de construção do Integra levou um ano e meio e utiliza a metodologia do Instituto Ethos. Para Caio Magri, diretor-presidente do Ethos, há um “esforço que a sociedade tem feito quanto a promoção de integridade e transparência em relação a gestão de recursos e as empresas são importantes agentes nessa questão”. Ponto de vista compartilhado por Daniela que alertou: “quem aplicar o Integra vai sair na frente no relacionamento junto às empresas”.

Marcelo Vidal, coordenador-geral de Governo Aberto e Transparência da Controladoria Geral da União (CGU), ministrou uma palestra aos presentes sobre a importância dos clubes futebolísticos contemplarem práticas de transparência. “Para CGU é sempre muito gratificante falar de transparência. Nesse momento é desafiante, pois agora o diálogo é com gestores de clubes de futebol”, disse Vidal que ainda explicou: “Usar a transparência em favor dos dirigentes economiza tempo em explicações e ganha tempo em gestão”.

“A gente quer cada vez mais atrair empresas para o futebol, mas há um olhar enviesado para os clubes, como se sempre estivéssemos envolvidos em atos ilícitos”, disse um dos participantes. “A nossa missão é grande porque há uma expectativa da sociedade quanto a ações nesta agenda e os clubes que saírem na frente, com certeza, se posicionarão de forma diferenciada no setor”, disse Caio em resposta ao comentário. 

Rating Integra para Clubes 

A ferramenta, que deve ser entendida como uma forma de identificar oportunidades estratégicas para os clubes, foi lançada durante a Conferência Ethos em São Paulo, no dia 26 de setembro. É composta por 19 indicadores, divididos em 3 grandes eixos. São três também as fases de aplicação do Rating Integra para Clubes: auto avaliação, verificação e resultados. Sendo a primeira fase gratuita e a segunda contando com investimento a ser feito pelo clube que desejar participar da etapa de verificação externa.

Ana Lucia Melo Custodio, diretora-adjunta do Ethos, explicou sobre a adaptação do questionário para os clubes e detalhou todo o processo de utilização da ferramenta. “Esse é um primeiro passo: fazer a auto avaliação. Com ela, os clubes reconhecerão melhor o que já desenvolvem e o que precisam aprimorar em suas práticas de integridade, transparência e governança”.

A aplicação estará em processo até o final de janeiro, em março será concluída e terá início a verificação. A divulgação do resultado final está prevista para em maio de 2019. “Garantimos a confidencialidade na participação em todas as fases. A ideia da ferramenta é permitir que o clube compreenda seus desafios, além de reconhecer publicamente aqueles que já estão se destacando por suas práticas de governança, integridade e transparência. Nesse sentido, mesmo os clubes que tiverem alcançado o nível mínimo para divulgação de seu grau de adaptação às melhores práticas estarão dentro do processo de confidencialidade e deverão autorizar a divulgação dos resultados”, explicou a diretora-adjunta do Ethos.

Para conhecer mais, acesse: www.ratingintegra.org.br.

Por: Rejane Romano, do Instituto Ethos

CONTATO

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.