NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Seminário de Balanço do Fórum Clima discutirá tributação do carbono

05/11/2014

Compartilhar

Evento vai ocorrer no próximo dia 11/11 em São Paulo e é aberto ao público

O Fórum Clima – Ação Empresarial sobre Mudanças Climáticas realizará, no próximo dia 11 de novembro, das 8h às 13h, na capital paulista, o seminário “Balanço das ações das empresas do Fórum Clima – 2014”. O objetivo é analisar o andamento da implementação da Política Nacional de Mudanças do Clima (PNMC) e debater o papel do país nas negociações do novo acordo climático global.

Aliás, o papel do Brasil será discutido logo no primeiro painel do dia, que vai das 9h às 10h30 e terá a participação de Carlos Klink (do Ministério do Meio Ambiente), Everton Lucero (do Ministério das Relações Exteriores) e de Rodolfo Godinez Rosales, diretor de Meio Ambiente da Secretaria de Relações Exteriores do México.

O seminário conta também com a presença especial de Isabel Studer, diretora do Instituto de Sustenbilidade Global da EGADE Business School Tecnológico de Monterrey (Tec Monterrey).

Por que a presença de especialistas mexicanos neste seminário?
Porque o país já vem adotando medidas importantes, como imposto sobre emissões e mecanismo de REDD para evitar desmatamento. Como o Brasil ainda discute reforma fiscal, a experiência mexicana pode representar uma boa contribuição para os debates no Brasil.

É sobre esta experiência que Rodolfo Godinez Rosales vai falar.

Metas de redução de GEE

 
Em sua Ley General de Cambio Climático, o México assumiu uma meta de redução de 30% com relação à sua linha de base para 2020 e redução de 50% até 2050, com relação às emissões liberadas em 2020. O país afirma que as metas serão atingidas por conta da reforma energética e do manejo de resíduos sólidos municipais.

Assim como o Brasil, o México também está desenvolvendo um processo de consulta à sociedade civil para elaborar suas contribuições que serão enviadas à Organização das Nações Unidas (ONU) como propostas desse país para o novo acordo climático global a ser definido em 2015 e entrar em vigor em 2020.

Com relação às medidas de adaptação, no curto prazo, o país irá priorizar as áreas e populações mais vulneráveis, fazendo uso de políticas públicas relacionadas especialmente à área de saúde. No médio prazo,  o país irá focar em gerenciamento de riscos e mapeamento e gerenciamento territorial. O México irá também investir em sistemas de pagamentos por serviços ambientais, assim como redução do desmatamento pelo mecanismo conhecido com Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal (REDD – pagamento para as comunidades que garantem a permanência da floresta em pé) e o REDD+ (que também remunera pelo manejo sustentável das florestas e pela conservação delas).

No longo prazo, o México irá investir no gerenciamento de ecossistemas, cidades e infraestrutura altamente resilientes (que conseguem se recuperar de grandes impactos de maneira eficiente).

 

Serviço

O quê: Seminário Balanço das Ações das Empresas do Fórum Clima – 2014
Quando:
 11 de novembro
Horário:
 das 8 às 13h
Onde:
 Hotel Transamérica Prime International Plaza
Alameda Santos, 981 – São Paulo


Programação
8h      
Inscrição e café de boas-vindas
8h45
 Abertura institucional (Instituto Ethos)
9h     
  A Política Nacional sobre Mudança do Clima e o papel do Brasil em novo acordo climático global
Carlos Klink, secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente; Everton Lucero, chefe da Divisão de Clima, Ozônio e Segurança Química do Ministério das Relações Exteriores; Rodolfo Godinez Rosales, diretor de Meio Ambiente da Direção Geral para Temas Globais da Secretaria de Relações Exteriores do México

10h30
 Coffee break
10h45
 A experiência do Fórum Clima: as ações das empresas para promoção de atividades de baixo carbono
Apresentação de 4 casos de práticas empresariais das empresas do Fórum Clima (empresas confirmadas – Natura, Odebrecht, CPFL e Santander)

12h
 Palestra especial
A
dra. Isabel Studer, diretora do Instituto Global de Sustentabilidade – EGADE Business School Tecnológico de Monterrey
13h Encerramento do evento

Para participar do seminário, aberto ao público, basta se inscrever aqui.

Por Flávia Rezende, do Instituto Ethos

Usamos cookies para que você possa ter uma boa experiência ao navegar.
Ao usar o site você concorda com o uso de cookies.
Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2021 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.