NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS MEIO AMBIENTE

Triciclo inicia operação “Cuiabá Recicla”: projeto com apoio da Prefeitura de Cuiabá

Através da parceria, vários pontos da cidade passam a contar com a Retorna Machine para oferecer reciclagem de resíduos e oferta de benefícios

12/02/2020

Compartilhar

Contando com o apoio tecnológico e logístico da Triciclo, o município de Cuiabá/MT passa a ser a primeira cidade da América Latina a utilizar máquinas de venda reversa em larga escala, como instrumento público de política social, educacional, econômica e ambiental.

Intitulado de “Programa Cuiabá Recicla”, a iniciativa é uma ação da Prefeitura de Cuiabá/MT, e consiste na instalação das Retorna Machines (localmente batizadas de “Cuiabá Recicla”) em locais públicos e privados de grande movimentação, com a finalidade de recolher embalagens pós-consumo (material PET, alumínio, aço e longa vida), identificando o depositante e concedendo-lhe benefícios sociais.

O sistema funciona como um programa de fidelidade. Pode o cidadão interessado criar, de maneira fácil e gratuita, uma conta digital através da Cuiabá Recicla, pelo site ou pelo aplicativo “Retorna Machine”, disponível para IOS e Android.

Com o depósito de embalagens no compartimento da máquina, o usuário adquire pontos triciclo, os quais podem ser convertidos em diversos benefícios, como crédito no Cartão MTU, pontos no programa da livraria Saraiva (SaraivaPlus) e recarga de telefone pré-pago. Também é possível doar os pontos para Instituições Filantrópicas, como o Instituto Maria de Nazaré.

“O funcionamento é bem simples. Cada material equivale a uma pontuação. Ou seja, alumínio vale 15 pontos, aço 10 pontos, PET 10 pontos e tetrapak 05 pontos. Então, cada vez que o cidadão fizer esse descarte, esses pontos vão direto para sua conta cadastrada. É importante reforçar que a máquina só aceita embalagem com código de barras”, explica o gestor de Sustentabilidade da Prefeitura de Cuiabá/MT, Alex Vieira.

Neste primeiro momento, são oito os pontos disponíveis na Capital do Estado. A ação ainda reforça o compromisso do município de inclusão dos catadores, já que todo o material recolhido será destinado às cooperativas parceiras da Prefeitura.

“Essa é mais uma iniciativa inovadora dentro da área de sustentabilidade que lançamos. A Prefeitura de Cuiabá sai mais uma vez na frente, tornando-se o primeiro órgão público de uma capital brasileira a implantar essa atividade. É uma ação que vem para consolidar a nossa gestão sustentável. Por isso, não vamos parar nessas oito máquinas. Até o fim de fevereiro vamos instalar mais sete e, ao fim de 2020, queremos chegar a 31”, destaca o prefeito Emanuel Pinheiro.

Para Felipe Cury, diretor executivo da Triciclo, a ação está em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/2010): “o Cuiabá Recicla vem a ser um instrumento eficaz de retorno das embalagens pós-consumo, acessível por toda a população e gerando interesse ao consumidor final, a quem é garantido benefícios, conceito este que se coaduna com a missão do governo de ‘instituir incentivos econômicos aos consumidores que participam do sistema de coleta de resíduos’, previsto na PNRS”.

E acrescenta: “a Retorna Machine é capaz de armazenar dados precisos e completos, em tempo real, sobre todas as embalagens recolhidas. Através dela, sabe-se, precisamente, quem são os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes responsáveis pelas embalagens nela inseridas, de modo que, caso venha a ser empregada em larga escala, pode vir a ser o instrumento de controle necessário ao cumprimento das obrigações do governo público de ressarcimento de custos e de fiscalização geral do setor privado e, ainda, de fornecimento de dados de controle social à que têm direito os cidadãos, conforme princípio da PNRS e o sistema de monitoramento exigido pelo Acordo Setorial”.

Por: Triciclo Soluções Sustentáveis

Foto: Luiz Alves – Prefeitura de Cuiabá

CONTATO

© 2016-2019 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.