O Instituto - Posicionamentos

Compartilhar

Ethos adota uso do gênero neutro em suas comunicações

Ao invés do “x”, Instituto passa a usar a letra “e” ao final de algumas palavras em busca de cada vez mais inclusão

A diversidade é uma das agendas que a atuação do Instituto Ethos abarca, sempre trabalhando a inclusão e observando questões importantes como a identidade de gênero.

Por ser um tema muito abrangente e que passa por mudanças constantes, a discussão sobre identidade de gênero também atravessa a língua portuguesa. Por isso, o Ethos passa a usar, em suas comunicações, o “e” ao final de algumas palavras, indicando gênero neutro, como forma de respeitar e valorizar as diferenças, buscando uma sociedade mais inclusiva.

Essa representação é observada também como um debate político, já que na nossa gramática atual não existe, oficialmente, uma forma de gênero que seja neutra e que, portanto, represente todas as pessoas LGBTI+.

Assim, reafirmamos o pensamento de Jana Viscardi, doutora em Linguística, quando ela aponta que “a língua, em constante transformação, é um espaço de disputa de poder e de reafirmação e reconfiguração de dinâmicas sociais. É um lugar de constituição de identidades.” Portanto, também deve ser um espaço de representação e transformação social.

Vamos juntes!

Usamos cookies para que você possa ter uma boa experiência ao navegar.
Ao usar o site você concorda com o uso de cookies.
Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2021 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.