NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

A economia do futuro é totalmente digital

30/09/2014

Compartilhar

O meio digital  permite maior inclusão financeira, que leva a novos negócios. Essa foi a conclusão de mesa sobre o tema na Conferência Ethos 360°.   

Como construir modelos de negócios inovadores que estejam conectados ao desenvolvimento sustentável? Em pleno século 21, quando a maior parte das nossas relações pessoais e profissionais são possíveis por meios on-line, a nova economia rende-se ao formato digital. É nessa rede de conexões que as práticas empresariais encontram um caminho para se aliar à sustentabilidade.

Na mesa “A Economia do Futuro e o Futuro da Economia”, apresentada pelo Banco Santander e realizada em 24/9, primeiro dia da Conferência Ethos 360°, Elizabeth Ploshay, membro da Bitcoin Foundation, Alejandro Perez, cofundador da Broota Chile, e Frederico Rizzo, sócio-fundador da Broota Brasil, falaram de cenários inovadores e suas conexões com o desenvolvimento sustentável.

Elizabeth mostrou um novo modelo para atrair negócios e incentivar a inclusão financeira. A Bitcoin Foundation, criada em setembro de 2012, atua na padronização, proteção e promoção do uso de sua moeda digital, a Bitcoin, que pode ser transferida por um computador ou smartphone sem intermediação de uma instituição financeira.

“Não é apenas uma moeda. Serve para promover liberdade no mundo, permitindo que pessoas que estavam excluídas tenham acesso a fundos”, assegura a executiva. Ela explica que, além de ter taxa zero por transação, a Bitcoin oferece um modelo seguro para fazer negócios, pois cada movimentação é registrada publicamente.

A moeda digital pode ser usada para diferentes fins, como ações de caridade ou investimentos pessoais. Sobre os próximos passos, Elizabeth é otimista: “Observamos uma necessidade global de mudanças. A economia digital é o nosso futuro”.

Corda e caçamba

No segundo momento da mesa, Perez e Rizzo, da Broota, relataram os primeiros passos da plataforma, que nasceu com o desejo de compartilhar uma ideia com o mundo para que pessoas possam interagir e investir em negócios que considerem os aspectos sociais e ambientais. A Broota é uma plataforma virtual que permite o contato direto entre empreendedores que buscam capital e pessoas que querem investir em projetos inovadores. “Nosso objetivo é eliminar o privilégio de poucas pessoas terem acesso a bons negócios”, define Rizzo.

Perez complementa a fala do colega e mostra a atuação da Broota no sentido de democratizar o acesso a investimentos: “Queremos inspirar inovação, facilitando conexões e eliminando barreiras para que novas ideias possam mudar o mundo”.

Veja a cobertura completa do evento em www3.ethos.org.br/ce2014/.

Por Juliana Guarexick, da Envolverde, para o Instituto Ethos

Crédito: Osiris Bernardino/Instituto Ethos

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.