NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Fórum promoverá ações de incentivo para aumento da diversidade nas empresas

22/10/2014

Compartilhar

Evento a ser realizado pela SMPIR e pelo BID quer incentivar ações afirmativas nas empresas paulistanas na promoção da diversidade de gênero, raça e LGBT, entre outras.

Um dos aspectos mais lamentáveis da campanha eleitoral de 2014 foi o preconceito social e racial que não poucos brasileiros demonstraram contra nordestinos, negros, homossexuais ou qualquer pessoa que fugisse ao modelo considerado “normal” pela sociedade, justamente num período em que os indicadores sociais apontam importantes avanços na inclusão desses brasileiros.

Por que esse preconceito aflora mais forte em períodos eleitorais? Não existe uma explicação única. Mas um dos motivos pode ser a polarização das opiniões, o que leva as pessoas a mostrarem mais abertamente o que pensam.

Outro motivo é que, embora os indicadores sociais tenham melhorado, a desigualdade ainda é grande e visível em muitos lugares estratégicos, principalmente no mercado de trabalho, isto é, nas empresas.

As mulheres, por exemplo. Mesmo representando 51% da população brasileira, segundo a última PNAD, recebem, em média, 72% do que recebem os homens. Em 2013, o salário médio feminino foi de R$ 1.365 e o masculino foi de R$ 1.857. E são elas que mais sofrem com o desemprego: são 56,9% das pessoas das pessoas sem trabalho.

Ainda de acordo com a PNAD, em 2013, a maioria dos 6,7 milhões de desempregados no país (de um total de 102 milhões de pessoas economicamente ativas) era constituída de pretos e pardos.

Papel das empresas na inclusão no trabalho

Para discutir ideias de ações afirmativas tanto em suas práticas internas de gestão de pessoas quanto na contratação de fornecedores, a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) realizam, no próximo dia 29 de outubro, no auditório do Instituto Carrefour, o Fórum São Paulo Diverso.

O evento é aberto ao público e tem o objetivo de incentivar empresas e demais organizações a adotarem políticas de ação afirmativa, tanto em suas práticas internas de gestão de pessoas quanto a contratação de fornecedores. Também buscará promover a geração de negócios e oportunidades entre CEOs de grandes empresas, empreendedores, e representantes do poder público na construção de políticas públicas inclusivas.

Para o secretário adjunto da SMPIR, Maurício Pestana, o “objetivo não é só trabalhar administração direta, mas também, chegar aos fornecedores e às empresas mistas”, explica. Para ele “o poder público tem um papel de ser o farol, o grande articulador, mas também, o grande ouvinte dos anseios da sociedade”, analisa Pestana.

Já estão confirmadas as presenças do prefeito Fernando Haddad, do diretor global de diversidade da The Coca-Cola Company, John Lewis; e da diretora do escritório brasileiro da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Laís Abramo.

Os painéis vão tratar sobre diversos temas, desde como as ações afirmativas podem beneficiar o desenvolvimento social e justo, até relatos de carreiras no setor privado e empreendedorismo de profissionais negros.

Novo “Perfil” do Instituto Ethos

Nesse evento, o Ethos vai divulgar o início da pesquisa que vai resultar em um novo “Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil e suas Ações Afirmativas”.

A primeira versão desta nova pesquisa terá ainda uma novidade: graças a um convênio firmado entre o Instituto Ethos, o BID e a SMPIR, haverá um destaque para as empresas que têm sede na cidade de São Paulo e também daquelas que são fornecedoras da prefeitura paulistana, com o levantamento do perfil delas. A partir dessas informações, a Prefeitura da capital quer definir junto com as empresas políticas públicas que incentivem a promoção da diversidade nessas empresas e nas respectivas cadeias de valor.

Na versão anterior, esse perfil começou a ser divulgado em 2001, representando apenas os quadros executivos das empresas, e teve sua última edição em 2010, quando também trouxe levantamento dos quadros de supervisão e gerência, bem como dos níveis funcionais.

Esta nova publicação terá o patrocínio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e uma metodologia diferente, que permitirá aprofundar a pesquisa e trazer à tona as ações afirmativas mais relevantes que as empresas adotam para gênero, ração, público LGBT, pessoas com deficiência e menores aprendizes, incluindo também o perfil dos conselhos de administração.

Para o presidente do Instituto Ethos, Jorge Abrahão, é necessário que todos os setores da sociedade trabalhem juntos para a reverter a lógica da desigualdade e as empresas exercem papel fundamental nisso. “Não a vemos (diversidade) refletida em todas as empresas nem em todos os níveis de governo, tanto no que diz respeito a idade e gênero quanto à origem social e raça”, afirma Abrahão.

Maurício Pestana completa dizendo que “a diversidade proporciona uma maior riqueza de ideias, de conceitos e democratiza muito mais toda e qualquer produção, lucro ou ganho em qualquer esfera”.

 

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.