NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS

Instituto Ethos recebe a família Mulliez, de empresários franceses

26/11/2014

Compartilhar

Nesta terça-feira (25/11), 37 membros da Associação Familiar Mulliez (AFM) participaram de encontro com Jorge Abrahão, diretor-presidente do Ethos.

Responsável por operações de diversas empresas francesas, como a Auchan, a Leroy Merlin e a Decathlon, a Associação Familiar Mulliez (AFM) visitou o Instituto Ethos na tarde da última terça-feira (25/11). O objetivo do encontro, facilitado pelo Serviço Comercial da Embaixada da França no Brasil (Ubifrance), foi estabelecer uma aproximação entre os empresários franceses e as práticas de responsabilidade social e sustentabilidade das empresas brasileiras.

A AFM forma a maior rede de empresários franceses do setor varejista, com atuação nos ramos alimentício, de vestuário, de esportes, de aparelhos domésticos e empresas de do it yourself. Ao todo, a família conta com quase 368 mil funcionários ao redor do mundo e 105 de seus membros também fazem parte dos conselhos diretores do conglomerado de empresas. Estiveram presentes no encontro 37 membros da família Mulliez.

Jorge Abrahão, diretor-presidente do Instituto Ethos, falou ao grupo sobre a atuação da entidade com as empresas e a sociedade civil, seu incentivo a políticas públicas e sua contribuição para o aperfeiçoamento de práticas empresariais ao longo de sua história. Falou também sobre os Indicadores Ethos e de como essa ferramenta pode ajudar na gestão da sustentabilidade de empresas de todos os portes e áreas de atuação.

Questionado sobre os casos de corrupção no Brasil, Abrahão respondeu que, nos últimos oito anos, um grande esforço tem sido feito para investigar, denunciar e punir não só os corruptos como os corruptores. E, nesse sentido, destacou que a aprovação de leis como a da Ficha Limpa e a Lei de Acesso à Informação contou com forte participação do Instituto Ethos.

Diversas perguntas foram feitas não apenas sobre as atividades e ações do Ethos, mas também do contexto social e político do Brasil, que foram prontamente respondidas pelo diretor-presidente. O encontro, de aproximadamente duas horas, foi uma troca de experiências de extrema valia tanto para os visitantes quanto para o próprio instituto.

Por Marco Aurélio Martins, do Instituto Ethos

CONTATO

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.