NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

ETHOS GESTÃO SUSTENTÁVEL

Novo Ciclo dos Indicadores Ethos marca 20 anos da ferramenta

Ciclo 2019/2020 ficará aberto para preenchimento até o final do ano

25/03/2020

Compartilhar

O Instituto Ethos dá início, em 25 de março, ao ciclo 2019/2020 dos Indicadores Ethos. Os Indicadores Ethos ajudam empresas de todos os segmentos e portes a definirem objetivos e ações de gestão responsável para a sustentabilidade.

As companhias terão até novembro/2020 para o preenchimento dos Indicadores Ethos e/ou seus guias temáticos, exceto o Guia Temático de Integridade, que tem prazo diferenciado e pode ser preenchido até dezembro/2020. Para esse ciclo, foram realizados ajustes no questionário principal e nos Guias para a Promoção da Equidade Racial e para a Inclusão da Pessoa com Deficiência, a partir de sugestões de empresas usuárias e parceiros. Cada questionário tem um prazo específico e é possível acompanhar na plataforma as datas-limite estabelecidas.

Destaques do ciclo anterior

No ciclo 2018/2019, foram 779 aplicações dos Indicadores Ethos, realizadas por 643 empresas. Desde 2000, foram mais de 4.000 empresas usando essa ferramenta no Brasil.

Com relação aos temas cobertos nos questionários, destacam-se:

Estratégia de Sustentabilidade

  • 64% das empresas afirmam avaliar riscos estratégicos, financeiros, regulatórios, reputacionais ou operacionais, relacionados aos impactos socioambientais de suas atividades em curto e médio prazo, das quais 54% indicam fazer a gestão desses riscos.

Agenda 2030

  • Sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, 46% das empresas afirmam usar os ODS para planejar ou revisar suas estratégias.
  • Além disso, 36% declaram publicar em seu relato de sustentabilidade sua contribuição para o alcance da Agenda 2030.

Compliance Anticorrupção

  • 94% das empresas afirmam que as atividades de compliance/programa de integridade que desenvolve foram definidas com base em uma análise dos possíveis riscos de fraude, de corrupção, de ações socioambientais, entre outros.
  • 79% das empresas fazem diagnósticos de sua cultura organizacional para reconhecer eventuais barreiras para a consolidação de uma cultura de integridade.  Além disso, 90% das empresas afirmam que sua alta administração monitora o progresso das ações de treinamento e comunicação do programa de integridade.
  • 89% das companhias declaram destinar orçamento compatível e adequado para implementar a gestão dos processos, controles, ações e treinamentos relacionados ao programa de Integridade.
  • Na relação com fornecedores, 50,2% das empresas afirmam solicitar informações sobre sua estrutura de gestão, com declarações expressas relacionadas a leis e regulamentações anticorrupção e de combate à lavagem de dinheiro.

Diversidade e Inclusão

  • Das empresas respondentes, 91% indicam promover a diversidade e a inclusão como um meio sustentável de obter resultados positivos nos negócios. A maioria delas (90%) indica que os resultados esperados estão relacionados à melhoria do clima organizacional. Em seguida, estão atração e retenção de talentos (90%), aumento da produtividade (84%) e pesquisa e desenvolvimento de produtos ou serviços (77%).
  • 52% das empresas afirmam incluir metas relacionadas à promoção da diversidade e inclusão na avaliação de executivos. Ainda sobre metas, 68% das empresas afirmam ter metas para reduzir a desproporção dos cargos ocupados por homens e mulheres em quadros gerenciais e executivos, enquanto 40% tem metas para reduzir a desproporção dos cargos ocupados por negras(os) e brancas(os) em quadros gerenciais e executivos e 29% para reduzir a desproporção dos cargos ocupados por pessoas com e sem deficiência em quadros gerenciais e executivos.

Clima

  • 44% das empresas respondentes declaram realizar estudos para mapear os impactos das mudanças climáticas para seu negócio e 28% declaram investir em pesquisas para buscar a mitigação dos impactos das mudanças climáticas no seu negócio.

Água

  • 77% das empresas respondentes afirmam realizar campanhas com empregados que visam à diminuição no consumo de água, enquanto 41% têm planos de ação formalizados para reduzir o consumo de água e geração de efluentes. Ao mesmo tempo, apenas 23% das empresas afirmam realizar parcerias estratégicas com a cadeia de valor para mitigação de impactos do consumo de água.

Perspectivas 2020 e os 20 anos dos Indicadores Ethos

No último ano, foi iniciado o desenvolvimento do conteúdo dos Indicadores Ethos-Fórum para a Promoção dos Direitos LGBTI+, que será disponibilizado ainda em 2020 para as empresas.

Além disso, neste ano, o Instituto Ethos celebra os 20 anos dos Indicadores Ethos. Para marcar as comemorações, realizará atividades de avaliação do progresso das empresas na agenda da conduta empresarial responsável, workshops de consulta às empresas, e diálogos para aprimoramento da experiência e interação dos usuários por meio da plataforma online. Acompanhe nossa agenda a partir de maio.

Além disso, os Indicadores Ethos ganharam uma nova identidade celebrativa que marca a relevância da ferramenta nesta jornada que busca apoiar as empresas na gestão e potencialização de seus negócios.

Jornada Indicadores Ethos 

Neste ano, as empresas respondentes do ciclo 2019/2020 participarão de encontros temáticos semanais para receber orientação e assessoria da equipe de Gestão para o Desenvolvimento Sustentável no preenchimento dos Indicadores Ethos ao longo do ano. Serão atividades online e em grupo, direcionadas para empresas associadas.

Os resultados esperados são:

  • Satisfação das empresas respondentes com o processo de aplicação dos Indicadores Ethos seguindo a metodologia de facilitação sugerida;
  • Lideranças das empresas motivadas a dar continuidade às ações sugeridas no Relatório de Diagnóstico.

Inscreva-se!

Conheça os Indicadores Ethos e os Guias Temáticos.

CONTATO

© 2016-2020 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.