NOTÍCIAS

Direitos Humanos
Institucional
Gestao Responsavel
Integridade
Ambiental

CONFERÊNCIA ETHOS

Painéis patrocinados possibilitam análises sobre o papel das empresas

Conferência Ethos chega à vigésima semana debatendo os desafios da sustentabilidade

25/11/2020

Compartilhar

Nesta quinta-feira, 26 de novembro, a Conferência Ethos 2020, totalmente virtual e gratuita, alcança o marco de 20 semanas no ar, dialogando sobre um vasto leque de temas que consideram a gestão empresarial, o meio ambiente, os desafios da agenda de direitos humanos e a ciência e tecnologia em favor da sustentabilidade.

Essa dinâmica estará ainda mais presente nesta vigésima semana, na qual painéis viabilizados pela Ball, Hydro e Petrobras irão dialogar sobre a interseccionalidade dos temas, quanto a participação do setor corporativo, sociedade civil e organizações.

Todas atividades exibidas desde o dia 2 de julho se encontram disponíveis no canal do Ethos no YouTube, em que também é possível assistir aos painéis ao vivo, a partir das 15 horas. Acompanhe abaixo a descrição dos painéis patrocinados desta semana:

 15h – Hydro oferece: Como construir uma plataforma de participação e desenvolvimento territorial para Amazônia legal?

Diálogo sobre os desafios da Amazônia Legal, região de extremos e grande riqueza natural que contrastam com carência econômica, educacional e social, representadas pelos baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e altos Índices de Desigualdade (Gini). O diálogo abordará as perspectivas para a incursão e criação de uma trajetória de articulação entre atores locais, empresas e sociedade civil, reconhecendo a situação emblemática da Amazônia em que confluem pressão do mercado global por matérias-primas, urbanização e pressão desenvolvimentista. É importante que o diálogo demonstre a possibilidade de construir processos sociais de articulação, que enderecem questões-chave de uso de solo, paisagem, empreendedorismo, manejo sustentável, geração de renda, restauração e etc, e que não visem substituir processos governamentais. Processos sociais, com apoio de mecanismos facilitadores e instrumentos financeiros, podem gerar mais qualidade de informação, qualificação de estudos, mecanismos de governança nos municípios e territórios e até políticas públicas e privadas. Por isso, a importância de demonstrar que é possível gerar diálogo, integração, colaboração e fortalecer visões comuns e transformações que acontecem no local. Que arranjos podem valorizar um desenvolvimento inclusivo e sustentável e uma economia transformativa para beneficiar os municípios e sua população?

16h10 – Ball oferece: Circularidade real e oportunidades para inovação e para o desenvolvimento sustentável

O painel abordará aprimoramentos metodológicos de análise do ciclo de vida. Vamos destacar a importância deste estudo para mudanças estruturais nas organizações, para o desenvolvimento de novos materiais com menor impacto, para melhorias em sustentabilidade em toda a cadeia de valor, para geração de informações e atuação junto a fornecedores e clientes e para oportunidades de inovação.

Quais as oportunidades para o Brasil em acelerar a transição para uma economia circular e negócios circulares? O painel dará continuidade aos diálogos sobre a circularidade real das embalagens com a participação do professor Pere Fullana, diretor da cátedra da Unesco em Ciclo de Vida e Mudanças Climáticas e de Estevão Braga, head de Sustentabilidade da Ball, líder mundial em embalagens sustentáveis de alumínio.

17h30 – Petrobras oferece: Educação para transformação digital – porque o Brasil precisa estimular jovens pesquisadores, cientistas e doutores?   

O objetivo do painel é promover o diálogo sobre a formação de recursos humanos qualificados no Brasil e sobre experiências bem-sucedidas para melhorar a educação científica. O baixo desempenho e a baixa formação de pesquisadores tornam o país pouco competitivo e gera dificuldades para internacionalização da pesquisa científica, para o empreendedorismo no meio científico e para a inovação da indústria. Formar futuros cientistas passa pela melhoria do ensino de ciência, pelo estímulo a feiras, parcerias entre universidades e escolas, competições, reconhecimento e intercâmbios e etc, que estimulem jovens em todo o país. Sobretudo, os mecanismos, infraestrutura e políticas para promoção da ciência entre os jovens, devem olhar para um desafio importante, a equidade de gênero e raça também nesse campo e entre as disciplinas STEM. É importante que o painel aborde o contexto brasileiro e experiências que conectam a ciência e a juventude no Brasil.

Por: Rejane Romano, do Instituto Ethos

Foto: Unsplash

Usamos cookies para que você possa ter uma boa experiência ao navegar.
Ao usar o site você concorda com o uso de cookies.
Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

CONTATO

  • endereçoRua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445 - Pinheiros
  • endereço05415-030 São Paulo - SP
  • endereço* Para correspondências. Estamos 100% em trabalho remoto
  • telefone(55 11) 3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioDe segunda a quinta - das 9h às 17h, sexta das 9h às 15h
  • imprensa(55 11) 3897-2416 / [email protected]
  • trabalhe conoscoTrabalhe Conosco

© 2016-2021 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.