O Instituto

Compartilhar

Mudanças na gestão do Ethos se concretizam no começo de 2017

Além da mudança da presidência já anunciada, houve também mudança na composição do Conselho Deliberativo

caio-magri

O Ano Novo começou e algumas mudanças anunciadas em 2017 já se concretizaram. A partir deste ano, Caio Magri assume como diretor presidente do Ethos, no lugar de Jorge Abrahão, que deixa o instituto após seis anos.

“A transição foi feita de maneira planejada e acredito que a experiência do Caio, que faz parte da equipe do Ethos há 13 anos, e sua capacidade de diálogo serão pontos essenciais para esta nova jornada do Instituto. Acredito imensamente no trabalho do Ethos, em especial neste momento desafiador para o país e saio realizado e com a certeza de que vamos avançar ainda mais na construção de uma sociedade mais justa e sustentável”, comenta Jorge Abrahão.

Jorge Abrahão passa a fazer parte da equipe do Conselho Deliberativo do Ethos, que também passou por uma renovação. A nova composição do conselho procurou trazer referências nas áreas de atuação do Ethos, a fim de  ampliar os olhares para estas questões.

Confira abaixo a nova composição do conselho:

Franklin Feder (Presidente)
Andrea Alvares
Celina Borges Torrealba Carpi
Guilherme Peirão Leal
Oded Grajew (Presidente Emérito do Instituto Ethos)
Olinta Cardoso
Paulo Nigro
Ricardo Young Silva
Sérgio Ephim Mindlin
Cida Bento
Marcelo Behar
Oscar Vilhena Vieira
Jorge Luiz Numa Abrahão

Por Bianca Cesário, do Instituto Ethos

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.